Audio e Resumo – Entrevista na KIIS-FM

3

Clique aqui para ouvir e baixar a entrevista da Christina na KIIS-FM. Resumindo, ela falou alguns tópicos interessantes sobre o álbum e outros que já sabíamos.

Primeiro, ela comenta que o álbum já estava sim está pronto antes das gravações do Burlesque. Para que as filmagens não atrapalhassem a promoção, ela colocou ela na gaveta até estar liberada do filme (o que aconteceria em março).

Como todo mundo já desconfiava, assim que as filmagens acabaram, ela quis voltar para o estúdio e gravar mais músicas, para que pudesse usar a experiência que conseguiu no filme. Enquanto ela se preparava para voltar, ‘Not Myself Tonight’ foi apresentada à ela e, apesar dela não ter escrito, ela quis muito gravar para lançar como primeiro single. Outras músicas foram gravadas nesse período. 

Christina então falou que o single é a cara dela, e parece que faz o lado mais sujo dela aflorar de novo. Ryan Seacrest brincou, dizendo que é a Christina de “Dirrty” de volta. Ela ri e comenta que é uma versão 2.0 de Dirrty. Ela diz que gostou de explorar nesse single a ideia de uma personalidade dupla.

Ela fala que brincou com diversas texturas da voz dela, coisas que nem ela sabia que conseguia fazer. Ele é futurístico com toques de electronica e dance, com todas aquelas colaborações que já sabemos (ela não menciona Goldfrapp).

Quando Rya pergunta o que aconteceu no set de Burlesque para ela resolver inserir essas experiências no álbum, que já estava pronto, ela disse que, no começo, Burlesque foi muito difícil para ela. Ela diz que ela quis chegar com a mente aberta para aprender tudo o que pudesse e fazer o trabalho bem feito, mas que esse processo foi complicado, porque ela está acostumada a comandar a própria criatividade. Ela disse que foi especialmente difícil porque, ao entrar no papel de Ali, tinha que expressar os sentimentos da personagem, o que não acontece com as músicas, em que os sentimentos da Christina tomam a frente.

Em uma cena em que ela tinha que chorar, ela disse que lembrou de muita coisa do passado dela para trazer esse sentimento até Ali Marylin Rose. Ela ficou tão focada na personagem que acabou ficando presa dentro de quem Ali era, e mal podia esperar para as filmagens acabarem e para que ela pudesse ser ela de novo, se vestir da forma dela.

Sobre Max, ela disse que precisou inverter as agendas, porque ela geralmente ficava acordada até de manhã, e com Max, de manhã é a hora que ele acorda – foi algo que ela teve que se adaptar. Ela comentou que ser mãe é um trabalho imenso, mas é divertido e uma experiência que ensina bastantes. Ela esperou até estar pronta para ter o filho, é o conselho que ela dá para Ryan.

Ela terminou dizendo que esse show aqui (sabe qual?) é incrível. Ela alugou o teatro inteiro para passar uma noite de folga com “os gays e as garotas” dela (Nicole Richi foi também). Ela disse que o que eles fazem é inacreditável, e ela tirou uma foto “do hambúrguer” (um dos atos) para mandar para a mãe dela. Comentou também que ela não tem nada daquilo no corpo dela, mas mesmo assim pareceu muito doloroso. Todas as amigas dela também ficavam falando que parecia doloroso.

É só isso! Hoje ainda tem a entrevista na Z100, mais para o final da tarde!

3 comentários

  1. Jesse J acaba de publicar en su Twitter (@ Jessiemusic1) Bionic cd que contiene una canción escrita por ella. En cuanto a la Tweet:

    “La música que escribí para el Xtina va a su álbum! Saldrá en 2 meses! WOW!”

Responder

Por favor, comente
Por favor, digite seu nome