Linda Perry e Tricky Stewart comentam baixas vendas de Bionic

0

O jornal L.A. Times fez uma matéria sobre Christina, e trouxe depoimentos dela e de vários envolvidos com seus dois últimos trabalhos: Bionic e Burlesque. Quando o assunto era o filme, os colegas têm boas expectativas e elogios a dizer. Já quando o assunto é Bionic, Linda Perry (Lift Me Up) e Tricky Stewart (Glam) culpam as decisões da gravadora e empresários por tudo o que deu errado. Abaixo, a tradução do que cada um teve a dizer.

Dava para perceber que ela estava nervosa com algumas questões técnicas que ela não conhecia, mas isso só passa com a experiência. Mas é uma primeira performance impressionante. Eu não consegui me sair tão bem no meu primeiro filme – Stanley Tucci.

Eu não acho que o tipo de álbum que ela fez com Bionic se conectou bem com o tipo de público que gosta dessa música. Não acredito que tenham dado à ela a chance de lançar os singles suficientes para trazer à vida toda a visão que ela tinha com o álbum – Tricky Stewart.

O que acontece com Christina, é que às vezes ela está na frente de todo mundo, às vezes está atrás – o timing dela é ruim. Foi tudo um resultado de como a equipe dela e a gravadora fizeram as coisas, especialmente relacionadas ao marketing. Isso é o que deu errado com Bionic. – Linda Perry

Ela passou por um período difícil , mas eu acho que Burlesque é um recomeço para ela, e é algo que a anima. Ela é uma mãe. Tem um filhinho. E tem uma vida profissional muito, muito, muito completa. Acho que ela está se saindo muito bem – Steven Antin.

Além de Linda e Tricky, Christina também falou, pela primeira vez, sobre a época Bionic. Se você ainda não leu a respeito, clique aqui e confira a entrevista.

1 comentário

  1. é….pelo jeito Nionic, será aquele “algo” q ficará “entalado” na garganta de muitos…tipo, um baita álbum, com músicas que são (ou seriam!) antológicas, mas que foi erroneamente aproveitado! :/
    enfim…que Burlesque seja realmente a “retomada’ de Xtina. Já vejo uma receptividade e um expectativa sobre o filme e sobre a Xtina, muito melhor do q a q eu senti na época de Bionic.

  2. Concordo e sempre achei que a culpa era da gravadora lembro que quando vazou as musicas os fãs acharam que NMT não seria uma boa escolha para abrir o album e um dos reprentantes da gravadora disse (totalmente arrogante) que eram eles que saberiam a melhor escolha e não os fãs.

    Lamento Bionic é um otimo album pena que algumas escolhas não estão nas mãos da chris.

  3. na minha opinião, o timing é q foi péssimo…ela teve q ‘segurar’ o album, quando tava na hora de divulgá-lo ela jah nao se identificava tanto assim com a mensagem que tava passando…pra ajudar a vida pessoal começou a entrar numa fase difícil…ai tinha trilha sonora pra terminar…eu acho, q em relação à B2B o marketing d Bionic foi maior, mas nao necessáriamente melhor…depois do segundo single tanto ela quanto a gravadora desistiram do cd…é realmente uma pena, tem musicas muito legais e muito boas q nós nunca veremos ao vivo!! :'(

Responder

Por favor, comente
Por favor, digite seu nome