Vídeo, fotos e o falatório da performance de Christina na NBA

0

Existe alguma coisa que me atrai em Christina Aguilera, e eu não sei bem explicar o que é.

Mentira, sei sim. É o talento puro dessa mulher que me tira do sério. Essa versatilidade, essa autenticidade, essa naturalidade que ela tem para subir num palco e mostrar porque tá ali em cima, sem nem precisar se contorcer em 32 para ver se sai alguma coisa, nem entupir efeitos no palco para ter com o que impressionar as pessoas (reparem como os efeitos complementam a performance dela, mas nunca são o assunto principal no comentário das pessoas).

Não, com Christina Aguilera é diferente.

Cheguei, que que vocês mandam?

Christina nunca colocou a dança e a coreografia bem elaboradas em primeiro lugar, mas ela é nata para isso do jeito que poucas são. Não me refiro a saber dançar aquela dança ensaiada, robótica, perfeita. Estou me referindo à integração do corpo com a música de forma autêntica. Reparem a naturalidade com que ela entra nos passos coreografados e sai para tomar conta do próprio jeito de mover o corpo, sem nunca, no entanto, perder o ritmo e a sincronia com o que os dançarinos estão fazendo. Ela decide quando vai entrar com eles e acerta a hora e o tempo com perfeição, sem precisar olhar e identificar onde eles estão.

Assim, não é difícil perceber como é impecável o equilíbrio e a transição dela para dançar conforme ensaiado, dançar conforme a música e dançar conforme o público. Ela faz coreografia, faz o próprio movimento, joga para a galera, volta para a coreografia e por aí vai. É natural.

Aliás, eu tenho plena certeza de que ela tem consciência disso. Ela entra e controla o palco com o ar e tom de quem sabe o que é e o que vai fazer. Com a confiança de que ela é uma veterana nessa indústria e que podem falar o que quiserem dela, mas respeito ela tem (e o fato de ela não aparecer cantando em todas as oportunidades do planeta acaba tornando as raras oportunidades especiais). Fazer isso depois de 15 anos de carreira nessa indústria, meu amigo… não é fácil.

Sério, quando essa mulher está no topo do jogo dela, não tem para ninguém…

Vídeos
Se você quiser fazer o download em 1080p de verdade, clique aqui. Para ver no Youtube no 1080p deles, confira logo abaixo (Bah, íamos usar o seu link, mas o Diego foi mais rápido!)

Fotos
Ensaios | No palco se apresentando | Na arquibancada | Nos bastidores

Setlist
Se você não conhece as músicas que Christina cantou, elas são:

Theme from New York, New York (Liza Minnelli e Frank Sinatra)
A intro de Dirrty (Você também percebeu, vai)
On Broadway (George Benson)
Living For the City (Stevie Wonder)
New York State of Mind (Billie Joel)
[NAS] N.Y. State of Mind (NAS)
Empire State of Mind (Alicia Keys e Jay Z)
Theme from New York, New York (Liza Minnelli e Frank Sinatra)

Duas curiosidades: NAS (que muitos aqui não sabiam quem era) originalmente faria parte de Still Dirrty. Ninguém sabe porque não rolou. E Jay-Z, que cantou Empire State of Mind com Alicia Keys, estava lá na plateia do jogo.

A propósito: Rob Lewis diz ter demorar um mês inteiro para preparar o arranjo musical (Rob foi responsável, junto a Christina, pelos arranjos da era Back to Basics e Back to Basics Tour. Hoje, eles se unem para algumas das maiores performances dela). A orquestra gravou toda a instrumentalização nas últimas semanas, e a faixa gravada foi o que serviu de fundo para Christina. Só a voz dela era ao vivo, os instrumentos não.

Ainda não deu tempo de rolar muita repercussão, mas não tem como ser negativa, né? Na ESPN, os caras só souberam soltar um “Espetacular! Tá bom para começar, né?“. É aquela espontaneidade que segue uma boa performance, que deixa todo mundo, independente do gosto musical, a apreciar o que acabou de ver.

Aliás, tinha muito para ver. Em um twitter da NBA, fãs do esporte estavam apreciando tudo mesmo. Vocês sabem, as torres gêmeas. As bolas de basquete. As grandes maçãs. Deu pra entender, né. Mas não foi só esse tipo de comentário que o Twitter viu: era gente de tudo que é tipo elogiando o que a TV tinha transmitido naquele momento.

Cão, chão, chão

A Billboard disse que acontecia de tudo no palco, “enquanto Christina demonstrava o poder da voz dela na arena. O USA Today fez elogios descrevendo a performance e aplaudiu a escolha de NAS para fazer parte da performance (cometeram um erro esquisitíssimo dizendo que Christina cantou “seus maiores sucessos” junto com “On Broadway”. Não USA Today, New York New York não é dela).

A MTV disse que “é assim que você se prepara para um jogo!“, enquanto o Daily Mail continuou: “Christina Aguilera é conhecida por seus vocais poderosos, e não tinha como você não percebê-los neste domingo”. No título da matéria, o Inquisitr já foi direto ao ponto: “Christina Aguilera faz performance de tirar o fôlego na abertura do NBA All Star”.

O That Grape Juice foi mais além:

Christina Aguilera é obviamente uma favorita da NBA. Só nos últmos 12 anos, a vocalista vencedora do Grammy fez 4 paradas no evento, sendo uma delas como performance principal do “imperdível” show do intervalo.

Bom, depois da incrível apresentação de hoje, não é difícil entender o motivo! Começando o show com impacto, a diva rapidamente aumentou a temperatura da arena com um medley de clássicos. Enquanto o fãs de Ariana Grande esperam para ver o que ela está preparando para o show do intervalo, nossa garota Xtina certamente não vai ser tarefa fácil de seguir.

O Madison Square Garden não ia deixar passar despercebido: “Assim que Christina Aguilera e as Rockettes abriram o jogo da NBA, o mundo percebeu que a noite seria espetacular”.

Aliás, difiícil foi não perceber os tweets enviados pela VH1 né? Eu juro que parecia um de nós lá:


Caaaaaaaanta, Xtina!!


A voz voltou!! Xtina estava INCRÍVEL!! 

Bom, se estamos aqui falando em tweet pós-performance, então nada mais justo do que postar o da própria Christina, né? Sim, porque ela não ficou caladinha não, ó:

Um grito para Nova Iorque! Vocês são minha estrela! Obrigada NBA, foi muito divertido cantar no All Star.

E para encerrar, já ouvimos de mim, da crítica e da própria Christina, mas não podia faltar as palavras de um fã que estava lá, né?

A voz dela na arena foi incrível. É muito fácil sentar e ficar criticando os vocais dela quando você os ouve pela televisão, mas ela era um GIGANTE naquele arena. Todo mundo na plateia concordava que ela detonou e que foi épico de se ver. (….) 

[Depois da performance] nós fomos levados de volta para o palco para aguardar o show de Ariana. Então, enquanto eu entro pelo lado esquero, ALI ESTAVA ELA. CHRISTINA AGUILERA. Pertinho de mim. Sem exagero. Ela estava ali simplesmente parada com Matt e um sorriso enorme no rosto. Gentilmente eu chamei atenção dela com um pequeno aceno, fazendo um “eu te amo” com os lábios e mandando um beijo pelo ar. Ela respondeu humildemente colocando a mão no peito e dizendo “Obrigada”. Eu não quis parecer um maluco e chegar perto, mas eu precisava falar alguma coisa e não me arrependo. Completei minha vida.Eu olhei para o lado para encontrar meu lugar na multidão e quando virei, ela já tinha ido embora. (…) A beleza dela é inigualável. Ela brilhava mesmo enquanto estava sentada ao lado de Matt, como membro da audiência do jogo. Era fácil perceber que ela está numa época boa e orgulhosa do trabalho que ela e o time dela montaram para aquela performance.

A gente também, Christina. A gente também.

1 comentário

  1. “[…] chamei atenção dela com um pequeno aceno, fazendo um ‘eu te amo’ com os lábios e mandando um beijo pelo ar. Ela respondeu humildemente colocando a mão no peito e dizendo ‘Obrigada’.” Genteeeeee, eu morreria do coração, estar ao lado dela, e FALAR com ela (ainda que só algumas palavras)… não sei se ia ter a classe desse fã, ia pelo menos pedir uma foto com ela. Se bem que ia ficar tão nervoso que, provavelmente, começaria a tremer e nem falar eu conseguiria hahahaha

  2. Maravilhosa! Choro toda vez que vejo essa performance! Bem que ela podia gravar as versões completas das músicas.

  3. Nao e so a xtina que arrasou, nao! Parabens ilove pelo otimo texto. Sabias (como sempre) escolhas das palavras.

  4. Estou desde ontem assistindo à performance e não consigo parar. Foi lindo, espetacular. O sentimento é o melhor possível, orgulho. Orgulho dessa mulher que há décadas nos faz experimentar todos os sentimentos, que nos faz querer sempre mais, mais do seu inigualável talento. Não importa o que as pessoas têm a dizer sobre ela, só importa o que sentimos ao vê-la em um palco, sendo simplesmente a melhor, sendo Christina Aguilera.

  5. Christina Aguilera mais uma vez provou quem é ela. Poder, presença, enfim, soberania. Amor renovado por mais 10 gerações!!!!!!!! Obrigado ILove por personalizar nosso sentimentos nas suas palavras.
    Thanks!

  6. alguém aqui me ajuda? acho que o botão esquerdo do meu rato quebrou e não paro de assistir a essa maravilhosa performance <3 <3 <3 e gente eu já estou sonhando com uma performance da Xtina no SuperBlow isso seria um máximo, já imaginaram? E a beleza dela gente? Os anos não passam para a Xtina <3 <3 <3 deus a Xtina já começou bem o ano, primeiro ganhou um grammy, agora essa performance maravilhosa <3 <3 <3 se a Xtina quiser ela rouba 2015 para ela!!!! Ai mal posso esperar pelo novo single/álbum!!!
    eu to amando as criticas!!!

  7. Eu olho pro teclado do pc e não sei oq dzr só sentir! hahahahah Sério, gente, é por isso tudo ai em cima que eu AMO essa mulher. Ela sempre foi incrível, e consegue se superar… Ainda não consegui parar de dar replay no vídeo tbm…

  8. Eu já estupro o replay só nesse começo. É muito poder e sensualidade num frasco pequenino de Loira Fatal

  9. O que me empolga mais é que a recepção as coisas que ela tem feito estão realmente muito positivas. O vídeo com o Fallon, as fotos de Summer, o Grammy e agora essa performance foda que ela fez. Agora é ver o The Voice e ansiar mais por esse single e esse álbum que vêm por aí.

Responder

Por favor, comente
Por favor, digite seu nome