Álbum #6 contará com produção de LunchMoney Lewis: “É a clássica Christina-vozeirão”

22

Vem que 2016 já começa com notícia do novo álbum! O tabloide DailyStar resolveu deixar [um pouco] os boatos de lado e bateu um papo com o rapper e produtor americano LunchMoney Lewis, mostrando que Christina está mesmo seguindo a ideia de trabalhar com nomes menos conhecidos no novo trabalho. Segundo Lewis, o trabalho estaria perto de terminar:

Christina quer lançar música nova neste ano. É a clássica Christina-vozeirão, com um som compatível com a diva incrível que ela é”.

O trabalho de Lewis não é muito conhecido nos Estados Unidos, mas seu single atual estourou no Reino Unido e na Austrália. Ao que parece, o álbum – que já conta com o envolvimento de Pharrel, DaInternz, Linda Perry e, agora, LunchMoney – parece cada vez mais próximo do som hiphop que marcou Back to Basics. Será que será essa a linha? Confira!

* Na foto, Christina em estúdio com DaInternz no ano passado.

22 comentários

  1. Caramba, a Xtina gostou mesmo do PinkPrint né? Já pegou DaInternz e agora LunchMoney Lewis? Será que vai ter feat. Nicki Minaj nesse álbum? #Jáquero

    P.S. Se seguir essa linha de Trini Dem Girls, estou felicíssimo. É R&B contemporâneo mesmo que eu quero!

    Eu só achei o áudio sem pitch dos lives, o que é um pouco questionável, mas vale a pena procurar pela versão em estúdio.

    • Tomara que não tenha feat. com essa versão mercenária e ridícula da Nicki Minaj. Ela já foi boa!

  2. Esse disco não teve aquele preview que ela sempre faz né? Antes de Stripped teve Lady Mamerlade, antes de B2B teve Til ya head a back e Car Wash, antes de Bionic teve Keeps Getting Better e antes de Lotus teve Moves Like Jagger ( em menor escala, mas um pouco prévia do que viria tb). Esse a gente está aí na base da especulação. Espero que seja um álbum na linha do último do Cee-lo Green, Heart Blanche, um pouco mais calmo, bem maduro e bonito.

    • Bom, teve Anywhere But Here, Hoy Tengo Ganas de Ti, Casa de Mi Padre e We Remain, mas eu entendi seu ponto, não houveram músicas que dessem uma pista de como será a nova era (OU SERÁ QUE JÁ TEVE? RS).

      Particularmente, acho que a Xtina vai fazer um álbum bem redondinho de R&B com alguns elementos pop. É nítido que ela está tendo um cuidado com o acabamento (diferente do Lotus, a mixagem deixa a desejar), mas acredito que ele não terá um tema específico, mas ainda assim cheio de músicas boas. Que ele permita com que Xtina desenhe uma tour para esses álbuns (querendo ou não, são 3 álbuns para condensar em uma tour com aprox. 1h45 de duração cada show).

      Esperando esse The Emancipation of Xtina.

    • Oxe, como não? E Say Something? euheuehuehue só se ela for besta de não fazer algo neste estilo e lotar o cd de says somethings

    • Que clip fofo meus Deus! Eles está de parabéns por ressaltar que não existe diferença. Música muito massa !

    • Que clip fofo meus Deus! Ele está de parabéns por ressaltar que não existe diferença. Música muito massa !

  3. Eu percebi que Christina tá indo pro hip-hop igual da série Empire, e ela inclusive já comentou que ama a série e que queria fazer uma ponta lá. E genteney, se for, vou ser tiroooo, porque as musicas da série são as melhores do mundo

  4. Eu pensei que Say Something seria essa prévia também, eu falo que não tem porque geralmente a gente sentia qual das músicas dava direção pro próximo disco, e dessa vez eu não sinto isso. Estou confiante num bom disco porque parece que ela está controlando e sabendo o que faz, além de ter bons produtores (só de ter Linda eu já estou vibrando). Então assim, a expectativa está ainda maior.

  5. Já nem quero saber se vai ser no próximo mês ou no próximo ano, quero um álbum coerente, algo concreto e sem pressa. Eu espero Christina <3

  6. Eu tenho apostado em um álbum que soe entre funk dos anos 70/80 devido lá no início ela solicitar músicas que lembrem Prince e também um pouco de rock deste período. E muito pop dos anos 90 😍

    Uma espécie de The Return of Baby Jane

  7. Fora esses produtores, ainda tem a presença do Dj Premier confirmada na produção, não é? Sem falar, que ela esteve em estúdio com o David Hodges, o que pode indicar algo para o CD… Vamos aguardar.

  8. nossa, quero demais que seja algo calma, íntimo, bem estilo say something sim.

    mas já aposto que terá algo mais comercial, mais hip hop pra primeiro single e depois algo calmo pro segundo (como sempre).

  9. Queria tanto, também, um Soul nesse álbum! Amo ela cantando esse estilo e até um Blues também gostaria, mas sendo bem produzido e etc, já está ótimo!

Responder

Por favor, comente
Por favor, digite seu nome