Criador do holograma de Whitney: Christina ficou furiosa com o cancelamento

7

Alki David, dono da empresa criadora do holograma de Whitney Houston, resolveu quebrar o silêncio sobre o cancelamento da performance no The Voice: o camarada não está nada feliz com a decisão da família Houston, defendeu o holograma, falou que a performance vazada não era a versão final e disse que Christina não só adorou o que viu, como também detestou a notícia do cancelamento. As declarações foram prestadas em entrevista ao Entertainment Tonight:

O holograma funcionou, só estava incompleto. Ainda tinha mais melhorias para fazer no rosto para os close-ups finais escolhidos para o programa de tv, porque é diferente ver o holograma em uma performance ao vivo e depois em closes extremos. Algumas pessoas na plateia choraram ao assistir. Christina deu um piti quando soube que cogitavam cancelar a exibição. Ela é uma perfeccionista e amou o que viu da edição. Ficou furiosa. Absolutamente furiosa.

Mark Burnett, amigo de Christina e produtor executivo do The Voice, defendeu a decisão da família Houston: “A performance de Christina foi brilhante mas infelizmente o holograma não ficou à altura do alto padrão de qualidade do The Voice. Estamos fazendo uma investigação interna para descobrir de onde o vazamento foi originado”.

7 comentários

  1. Continuo com a teoria que a Christina que vazou! Qualquer um ficaria puto! Imagina o tempo de preparação, ensaio, a expectativa de colocar no ar! Eu faria a mesma coisa! E soltaria de novo no dia do programa uma edição diferente. E daqui a um mês de novo!

  2. Kkkkkkkk tb. O mundo inteiro ficou furioso com isso. Tava tudo mto bonito.

    Família WH só tem gente sem noção. Desrespeitosos. Como se ela fosse ter mais tributos assim, pq dps dessa, qm vai querer fazer?

  3. estou começando a concordar com oq comentaram na outra notícia, acabou que com o cancelamento estamos falando mais disso do que se talvez passasse no TV.

    mas o reconhecimento mesmo do talento da xtina realmente seria maior caso fosse ao ar.

  4. Acredito que a família Houston esteja certo, o holograma não ficou tão bom, poderia ter ficado melhor, mas não esperaram nem a finalização… Estranho, isso, né? Pois o criador e a família deve ter contato constante pra trocarem informações sobre os detalhes do produto. Contudo, começo a perceber que a família deve ter achado que o Whitney ficou como participação especial da performance e não como estrela principal, e isso não é o objeto; bem como a enxurrada sobre o anúncio da performance, cancelamento e vazamento, gerou ainda mais comentários na mídia. Se era o que eles queriam para aparecer na mídia as custa do apoio do nome da Aguilera no carnal que nem NBC, conseguiram até mais visibilidade do que se a apresentação tivesse ido ao ar. Usaram o canal e Christina Aguilera para promover o produto denominado com Whitney Houston e depois criaram a polêmica para ter mais visibilidade para o objetivo principal deles que é uma tour, assim vendendo a história que o holograma de Whitney vai ser o mais top da tecnologia existente. Simples, família Houston, sempre oportunistas, do nome da Whitney e de quem mais possa dar visibilidade para garante um troquinho a mais.

    • O seu comentário faz muito sentido e você tem muita razão no que escreveu. Realmente eles nem esperaram pela ver o resultado final do holograma. Até porque era somente uma homenagem, não precisava ser o holograma perfeito para ser uma performance de homenagem. No entanto, eles também querem divulgar a tour que pretendem fazer com o holograma da Whitney, daí terem cancelado tudo isso só para aparecerem na mídia.

  5. Pensei o mesmo que vcs, Sam e Hugo. Eles são ridículos. Família ridícula. Destruíram mãe e filha, como todos sabem.. São capazes de tudo por dinheiro. Lamentável.

Responder

Por favor, comente
Por favor, digite seu nome