Christina fala sobre massacre em Orlando: “Não podemos tolerar o ódio”

4

O fim de semana foi cercado de tragédias em Orlando e Christina não as deixou passarem em branco nas redes sociais. Depois de lamentar o assassinato da cantora Christina Grimmie na noite de sexta-feira, chegou a vez de ela falar sobre o massacre realizado na boate Pulse nesta madrugada, que resultou na morte de 50 jovens e mais dezenas de feridos que certamente carregarão traumas pelo resto da vida. Na mensagem, postada em seu Twitter oficial, Christina pede para que não nos conformemos:

Minhas orações estão com todos aqueles afetados pela tragédia absurda dessa última noite. Não dá para tolerarmos o ódio. Não percam as esperanças, nós termos força para mudar o futuro.

Além disso, Christina foi convidada pela atriz Julianne Moore para entrar no movimento contra a venda de armas legalizada nos Estados Unidos, já que as armas utilizadas no massacre foram compradas legalmente pelo assassino. Julianne mandou uma série de tweets e retweets direcionados ao fim da legalização do porte de armas, mas não encontramos nenhum direcionado para outro artista da forma como direcionou esse para Christina, que ainda não respondeu.

Por favor Christina, entre no nosso movimento #FimDaViolênciaArmada

4 comentários

Responder

Por favor, comente
Por favor, digite seu nome