Top 5 | Nossos visuais favoritos de Christina nos eventos do Grammy Awards

Nosso ranking para celebrar a noite de Grammy Awards!

12

Hoje é o dia de mais uma edição do Grammy Awards e, mesmo sabendo que essa edição não contará com a participação de Christina, a gente simplesmente não consegue fugir do hype desta que é a maior premiação da música no mundo! E não é para menos, já que essa época sempre nos remete à época em que ficávamos esperando grudados na TV por mais uma aparição de Christina no tapete vermelho, sendo o Grammy Awards item praticamente obrigatório da agenda dela até 2007, quando ela aparecia quase anualmente, sempre para cantar.

Com esse espírito nostálgico, e para não deixar passar a edição deste ano em branco por aqui, decidimos brincar com um ranking Top 5 de nossos visuais favoritos da Christina nos eventos promovidos pela academia de música do Grammy. A lista, obviamente, é só por diversão, já que confesso não entender nada de moda ou algo assim. Então, perdoem-me se eu cometer algum erro fatal, ok? São essas as nossas escolhas, em ordem:

5grammy awards, 2000

OK, antes de tudo, um aviso: Minha intenção mesmo era transformar esse Top 5 num Top 4, mas achamos que a coisa ficaria muito aleatória. A bem da verdade é que, no geral, as aparições de Christina no Grammy Awards não são as nossas favoritas na carreira dela. Isso se deve, possivelmente, ao fato de que o visual dela não é muito consistente, e você acaba tendo escolhas completamente bizarras (ei Grammy 2004) no meio de outras excelentes. Eu fiquei quase uma hora navegando pelas fotos de Christina na hora de escolher este 5º lugar, sempre alternando e debatendo entre visuais que considerava pra lá de estranhos.

Então por que escolhi este, você pode perguntar. Primeiro, porque embora eu ache que ele não elaborado o suficiente para ser “melhor visual” de nada, ele também não é feio. É… normal. E em minha opinião, dentre todos aqueles visuais esquisitos que não estão nesta lista, esse ao menos traz consigo aquela esquisitisse do pop adolescente dos anos 2000, em sua maior parte marcado por roupas metálicas. Essa aparição foi a primeira de Christina no Grammy Awards, e embora eu não curta o visual, ele traz com ele aquele ar amador, de inocência. A timidez foi bem capturada nas imagens e revela que Christina era nada mais nada menos do que uma adolescente de 19 anos deslumbrada com o ambiente, e acabou saindo com um prêmio na mão. Não com qualquer prêmio, mas com aquele que você só pode ser indicado uma única vez em toda a sua carreira, de Artista Revelação. Esse, assim, é nosso 5º lugar.

4concerto de indicações, 2008

O evento de anúncio dos indicados ao Grammy 2009 foi uma das poucas aparições que Christina fez após dar à luz seu primeiro filho. Embora tivesse uma coletânea de sucessos para promover, ela foi à noite de indicações do Grammy para homenagear Nina Simone, fazendo uma das performances mais únicas de sua carreira com um cover de “I Loves You Porgy”. No tapete vermelho, Christina incorporou toda a elegância que se espera de uma premiação do porte do Grammy, e embora a gente não ame essa franjinha, esse estilo em Christina reflete o que ela tem de melhor em nossa opinião: maturidade, classe, respeito e o talento de quem nunca dá bola fora na hora de fazer uma performance soul.

3grammy awards, 2006

Embora Christina estivesse impecável no tapete vermelho do Grammy de 2006, é o estilo dela no palco que ganhou nossos corações naquele ano. Com mais uma grande performance de “A Song For You” ao lado do pianista Herbie Hancock, Christina mais uma vez se vestiu para impressionar. Talvez seja o fato de amarmos ver ela soltando o vozeirão no palco; talvez seja pelo anel de casamento complementando a aparência milionária do resto do visual. Só sei que, a nossos olhos, aquela mulher parecia ter muito mais do que 25 anos de idade – e se isso pode parecer ruim para a maioria das pessoas, para nós, teve o efeito contrário. Coisas que só Christina Aguilera nos propicia, eu acho.

2pré-festa do clive davis, 2007

OK, se tem um ano que marcou a beleza de Christina na eternidade, esse ano é 2007. Em todo lugar que ia, a mulher mostrava que não foi feita só para cantar como uma diva da antiga Hollywood, como também parecia com uma. Na tradicional festa organizada por Clive Davis, Christina chegou mostrando que era dona do pedaço e nem precisou falar nada para isso acontecer. Posou com segurança, com aquele tom blasé que pergunta “então é aqui que é a tal festa, é?” e ainda cantou para a plateia seleta de convidados do alto escalão. Parecia que ela anunciava o que estava por vir, o que nos leva ao nosso Top 1…

1grammy awards, 2007

OK, você sabia que estávamos caminhando para cá, não é? Também, não consigo me lembrar de outra noite em que tenha tudo dado tão certo para alguém como deu para Christina nesta edição do Grammy Awards. Ela estava no meio da promoção de seu trabalho mais aclamado, levou um prêmio para casa, fez a performance de sua carreira (eleita pela academia como a segunda melhor de toda a história da premiação) e tudo isso refletiu no deslumbre que foi esse tapete vermelho. Aliás, minha vontade mesmo era transformar esse Top 5 num grande Top Grammy 2007, porque além da pré-festa e do tapete vermelho, Christina dominou ainda os visuais da pós-festa e da sala de imprensa. Esta aparição foi uma das poucas da era Back to Basics em que ela abandonou o batom vermelho, mas isso não fez ela parecer nada menos old Hollywood. Fechando nosso Top 5, esse visual não é só o nosso favorito do Grammy Awards, como também um dos melhores de toda a carreira de Christina até hoje.

E você, concorda com nossa lista?

12 comentários

  1. Eu acho o visual do Grammy 2007 o pior da carreira de Grammys dela haha…bronzeamento estranho, vestido mto vovó e cabelo feio :\

    Meus prediletos são: Grammy 2001.. sim, aquele vestido rosa com cabelo de dread. Grammy 2004 com aquela roupa de lustre prateada e o Grammy 2002 com a roupa da performance de Lady Marmalade 😛

  2. Post Lindo! Mas, me deu uma saudade danada quando ficava acordado até tarde esperando por ela. Tirando o ano de 2000, todos os outros visuais são arrebatadores, mas ainda não superei a performance, visual e todo a sensibilidade na apresentação de i love you porgy.

  3. Substituiria o de 2000 por 2011, mesmo que tenha sido na fase que ela estava bem gordinha, porém lindíssima

  4. Que saudade destes tempos, ela estava indiscutivelmente linda. Quando alguém diz que não gosta da aparência dela atualmente é acusado de não ser fã de verdade ou de ser gordofóbico. Mas não são os quilos à mais que incomodam, mas o visual como um todo. Naquelas épocas ela era sofisticada e transparecia muito mais segurança e poder do que nos últimos tempos. Desejo que no próximo álbum sua indentidade visual e seus looks consigam trazer de volta a Christina que ela já foi. Não precisa estar magérrima para ser poderosa, basta olhar para a Adele.

  5. E nd msm da Dona Maria no Grammy ¬¬

    Se bem que não faria sentido já que ela esta “finalizando” (pela vigésima vez) o X6, não faria muito sentido. Masss…..rs

  6. Falando de Grammy, só eu no mundo pop acho realmente que Blue IV não é filha da Beyoncé e só do Jay Z com outra?

    Pq se realmente a Beyoncé tivesse engravidado, ela estaria sendo essa Beyoncé que se mostra. Que grita pro mundo que será mãe.

    Esses Carters…. Sabem fazer mídia viu!

    Que você acha Ilove?

    #SaudadesdaX

  7. Gente, eu fui pesquisar por Christina Aguilera New Album e aparece como sendo algo do google que o último album dela se chama Growl e foi lançado em 2016 pela Freerange Records. QUE LOUCURA É ESSA? kkkkkkkkkoskd

Responder

Por favor, comente
Por favor, digite seu nome